(31) 3462-3871 contato@probanc.com.br

Post_Blog

Em uma pesquisa realizada pela Accenture, demonstra que 80% da população brasileira gostaria de produzir a sua própria energia e se ver livre das concessionárias de energia, que estão afetando cada dia mais o bolso do consumidor.
Entretanto, a questão é como ser tornar um produtor de energia? A geração distribuída é uma excelente alternativa!
O sistema atual de produção e distribuição de energia é composto por vários quilômetros de redes para chegar até os locais de consumo, onde estão localizados os centros urbanos. Isso requer um grande investimento, que acaba aumentando o preço da energia paga pelos consumidores.
Uma forma de diminuir com esses gastos é gerar a energia no próprio local de consumo, o que é proposto pela geração distribuída. Com isso, diminui-se a necessidade de o governo investir na construção de usinas e de cabos de distribuição. E traz até vantagens ecológicas, pois, com a proximidade, grandes obras como linhas de transmissão que cruzam a grandes florestas poderiam ser reduzidas ou, até mesmo, evitadas.

Como produzir sua própria energia?
Residências, condomínios e indústrias podem aplicar a geração distribuída de energia em suas redes. Para tanto é necessário seguir alguns passos para que se possa produzir a sua própria energia e se conectar a rede de distribuição, que são regulamentados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Posso vender a energia que eu produzir?
Para saber as regulamentações da Aneel diante a compra e venda de energia por pequenos produtores leia o nosso post  Posso vender energia? e saiba mais sobre este assunto.
Uma instalação fotovoltaica pode trazer vários benefícios para você, chegou a hora de ver na prática o quanto essa mudança, na forma de gerar energia, irá influenciar sua vida e, sobretudo no seu bolso.
Para isso, convidamos você a preencher o Simulador de consumo de energia solar para saber o quanto você vai economizar instalando uma usina fotovoltaica baseado em seu consumo no sistema convencional.